sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

..:: Reflexões de um coração apaixonado ..::

A reflexão de hoje, sai da mente de uma mulher que admiramos muito, como profissional e como ser humano. Vale a pena conferir ... FALANDO DOS HOMENS Minha Amiga, se Você acha que Homem dá muito trabalho, case-se com uma Mulher e aí Você vai ver o que é Mau Humor ! O modo de vida, os novos costumes e o desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está o macho da espécie humana. Tive apenas 1 exemplar em casa, que mantive com muito zelo e dedicação num casamento que durou 56 anos de muito amor e companheirismo, (1952-2008) mas, na verdade acredito que era ele quem também me mantinha firme no relacionamento. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha ‘Salvem os Homens!’ Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da masculinidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam: 1. Habitat Homem não pode ser mantido em cativeiro. Se for engaiolado, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que os prenda e os que se submetem à jaula perdem o seu DNA. Você jamais terá a posse ou a propriedade de um homem, o que vai prendê-lo a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente, com dedicação, atenção, carinho e amor. 2. Alimentação correta Ninguém vive de vento. Homem vive de carinho, comida e bebida. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ele não receber de você vai pegar de outra. Beijos matinais e um ‘eu te amo’ no café da manhã os mantém viçosos, felizes e realizados durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não o deixe desidratar. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial. Portanto não se faça de dondoca preguiçosa e fresca. Homem não gosta disso. Ele precisa de companheira autêntica, forte e resolutiva. 3. Carinho Também faz parte de seu cardápio – homem mal tratado fica vulnerável a rapidamente interessar-se na rua por quem o trata melhor. Se você quer ter a fidelidade e dedicação de um companheiro completo, trate-o muito bem, caso contrário outra o fará e você só saberá quando não houver mais volta. 4. Respeite a natureza Você não suporta trabalho em casa? Cerveja? Futebol? Pescaria? Amigos? Liberdade? Carros? Case-se com uma Mulher. Homens são folgados. Desarrumam tudo. São durões. Não gostam de telefones. Odeiam discutir a relação. Odeiam shoppings. Enfim, se quiser viver com um homem, prepare-se para isso. 5. Não anule sua origem O homem sempre foi o macho provedor da família, portanto é típico valorizar negócios, trabalho, dinheiro, finanças, investimentos, empreendimentos. Entenda tudo isso e apóie. 6. Cérebro masculino não é um mito Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente não possuem! ). Então, agüente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração. Não faça sombra sobre ele…. Se você quiser ser uma grande mulher tenha um grande homem ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ele brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ele estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda. Aceite: homens também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. A mulher sábia alimenta os potenciais do parceiro e os utiliza para motivar os próprios. Ela sabe que, preservando e cultivando o seu homem, ela estará salvando a si mesma. E Minha Amiga, se Você acha que Homem dá muito trabalho, case-se com uma Mulher. Só tem homem bom quem sabe fazê-lo ser bom! Eu fiz a minha parte, por isso meu casamento foi muito bom e consegui fazer o Fernando muito feliz até o último momento de um enfisema que o levou de mim. Eu fui uma grande mulher ao lado dele, sempre. Texto de Fernanda Montenegro FicaaDica# Ótimo find, girls !!! ;)

4 comentários:

  1. Mulheres se sub valorizando, triste, triste. Como homem, e como apaixonado pelas mulheres, me senti ofendido; graças a Deus essa mentalidade da idade média foi superada.
    PS: esse texto grosseiro, machista (sim), e raso NÃO é da autoria da Fernanda Montenegro, ele foi feito por FÁBIO REYNOL a pedido da Mônica Waldvogel durante o programa Saia Justa, GNT, pegando o gancho do Dia Internacional da Mulher.

    ResponderExcluir
  2. Cara! Além dos óbvios erros de português, esse texto desmoraliza as mulheres de tantos jeitos que é até triste. Conceitos científicos erradíssimos (GOOGLE SCHOLAR PEOPLE!) e o óbvio repúdio ao casamento entre duas mulheres (que foi citado como negativo pelo menos 3 vezes no texto) só deixam ainda pior. Quem realmente acredita nisso deve ser uma mulher sem diplomas, sem emprego verdadeiro, sem vida sexual, sem sonhos, muito frustrada, que só serve pra ter filhos e fazer sanduíche.

    Realmente medieval, só faltou escrever como é bom usar um cinto de castidade.

    ResponderExcluir
  3. Alguns posts desse blog são realmente maravilhosos, mas essa é a segunda vez que me deparo com algo extremamente ofensivo e machista.
    Enquanto no vestida de noiva, outro blog que frequento, postaram outro dia um casamento lésbico, e os comentários de todas as leitoras foram positivos de dar gosto (a final, o que são casamentos, se não a celebração do amor, em todas as suas formas?), esse insiste em postar declarações machistas e preconceituosas.
    Então é ok "pegar um bronzeado" à sombra de um homem, mas nunca deixa-lo na sombra? E o dever da mulher é somente aguentar bagunça e qualquer coisa definida como tipicamente masculina para não ser traída?
    Relações precisam de dedicação sim, tanto as heterosexuais como as homosexuais, digo isso pois já vivi ambas. Dedicação ao indivíduo que se ama como indivíduo, vindo das duas partes. Sexo deve ser dado e recebido com prazer, e não servido para se segurar um homem.
    Não sei se a autora do blog lerá isso, mas caso leia, com todo o respeito, declaro que perdeu hoje uma leitora, e aconselho que reflita sobre a natureza preconceituosa de algumas postagens.

    ResponderExcluir
  4. Lamentamos sinceramente ter ofendido alguma de nossas leitoras ou nosso sempre presente ANÔNIMO, com suas críticas cítricas e nada construtivas. E desculpe, mas FABIO REYNOL não foi casado com Fernando Torres por 56 anos, então ...
    Mas como já se sabe, este blog tem a função de oferecer recursos ás nossas noivinhas que tornem o seu dia e a sua vida mais feliz. Não há a menor intenção de fazer ninguém mudar de opinião a respeito de coisa alguma, apenas nos vemos no direito, e isso a liberdade de imprensa e expressão nos permite, divulgarmos nossas ideias. Mais uma vez nos desculpamos se porventura atingimos de algum modo o que vc pensa. E vc tem o direito aqui, de postar seus comentários NessaLoka ( é esse mesmo seu nome ? ), apenas pedimos a fineza de fazê-lo com educação, pois se nos acusam de termos natureza preconceituosa, diga-se também de quem julgou com rapidez “nossas palavras”.
    E Yah , se antes de ser tão rápida em nos ofender, vc tivesse lido, no QUEM SOMOS, no alto do Blog, teria percebido com muita facilidade que, somos casadas, e BEM CASADAS, há 26 e 23 anos, respectivamente. Temos formação acadêmica e especializações. Nossos filhos, 3 casados e um com idade de 21 anos, também tem formação universitária e o principal, educação que lhes foi dada no lar. E qto ao cinto de castidade ... bem, discordamos veementemente ... mas sabe, existem algumas amarras postas nos olhos e na alma, e qto á estas, não há muito o que fazer, infelizmente ... Mas se pudermos ajudar, nos avise.
    E sim, Ana Cristina, lemos cada comentário e respondemos com todo o carinho que cada leitora e amiga merece. Lamentamos sua atitude de nos deixar, mas fique tranquila, não há em nosso trabalho, espaço para amargura e dissabores; e caso alguém ainda não tenha percebido, acreditamos em um Deus de amor, que provê á Seus filhos a VERDADEIRA felicidade, e repartir isso, é nosso objetivo número UM.
    Ademais ... gente, que ataque de fúria é esse ???
    Se vc’s são tão bem resolvidos qto se dizem, que o chapéu não lhes sirva.
    Que cada um viva de acordo com os ditames de sua consciência, mas que saiba respeitar as opiniões alheias. Essa ferocidade só deixa claro que, ou precisam convencer-se ou convencer desesperadamente á outros ... Isso sim é triste !!!!
    E a vida segue...
    Neuras de Noivas

    ResponderExcluir